Caiu tanta neve em Moscou no fim de semana, que o presidente da Câmara da cidade russa já disse que foi a tempestade do século. Ao longo de 36 horas nevou a quantidade que se aguarda ao longo de um mês, informou a agência noticiosa Reuters. Desde que há registos científicos na capital da Rússia, não nevava com tanta intensidade.

Uma pessoa morreu por sequência da queda de uma árvore sobre linhas elétricas e outras cinco ficaram feridas outros acidentes na cidade. Mais de duas mil árvores caíram devido ao peso da neve.

O Exército russo enviou 100 militares, dois limpa-neves e um caminhão para ajudar nas operações de limpeza.

Com temperaturas a rondar os 12 graus negativos, as crianças não tiveram aulas e os habitantes foram aconselhados a deixar os carros em casa e a viajarem de transportes públicos. Fonte: DN (#Envolverde)

O post Moscou está sob a maior nevasca da história apareceu primeiro em Envolverde - Revista Digital.