CAIRO, 16 de outubro de 2018 (WAM) – Noura bint Mohammed Al Kaabi, Ministra da Cultura e Desenvolvimento do Conhecimento dos Emirados Árabes Unidos (EAU), anunciou que os Emirados Árabes Unidos será a sede da 22ª Conferência de Ministros da Cultura Árabe em 2020, que coincide com o 50º aniversário da Organização Educacional, Cultural e Científica da Liga Árabe (ALECSO) e os anfitriões das artes e da cultura do mundo na Expo 2020 em Dubai.

A ministra fez este anúncio durante seu discurso na 21ª Conferência de Ministros Árabe no Cairo, intitulado ‘O Projeto Cultural árabe em face dos desafios atuais’, onde ela disse que a conferência será uma oportunidade importante para a cultura árabe se misturar com culturas globais.

Em seu discurso, Al Kaabi referiu-se ao papel do xeque Zayed bin Sultan Al Nahyan na construção de relações amistosas com os países, ressaltando a importância de preservar o patrimônio cultural nos países árabes. “Os EAU estão alinhados com a direção do ALECSO na preservação do patrimônio cultural, pois representa nossos valores. Em vista dos riscos aos quais esse patrimônio está exposto, o processo de preservá-lo e protegê-lo do roubo e da destruição sistemática tornou-se uma responsabilidade coletiva, especialmente em áreas visadas por grupos terroristas”, acrescentou.

Al Kaabi disse que os Emirados Árabes Unidos cooperaram com o Iraque e a UNESCO para lançar o projeto de restauração da Mesquita Al Nuri e do Minaret Al-Hadaba. Este projeto é um exemplo de cooperação construtiva na proteção do patrimônio e traz esperança para Moslawis (moradores de Mosul) em reviver sua cidade e espalhar a cultura da paz contra o terrorismo. Al Kaabi convidou todos os países árabes a participar da reconstrução da cidade iraquiana de Mosul e outros locais ameaçados de extinção no mundo árabe.

O ministro também enfatizou a importância da colaboração entre os países árabes na inscrição de componentes da cultura árabe na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade para divulgar, promover e reviver a herança árabe como um legado para as futuras gerações.

Al Kaabi concluiu seu discurso destacando a importância da colaboração cultural árabe através de uma série de iniciativas e projetos comuns, além de promover relações bilaterais entre os estados árabes. (WAM)

O post Emirados Árabes Unidos sediará conferência de ministros da cultura árabe em 2020 apareceu primeiro em Envolverde - Revista Digital.