BAMAKO, 25 de outubro de 2018 (WAM) – A autoridade de ajuda humanitária dos Emirados Árabes Unidos (EAU), Emirates Red Crescent (ERC), assinou um acordo de cooperação com o Ministério da Saúde e Higiene no Mali para promover as capacidades do setor médico no país.

De acordo com o acordo, o ERC financiará a restauração de dois hospitais críticos na capital, Bamako, e fornecerá os equipamentos e suprimentos médicos necessários. O projeto também inclui a restauração dos hospitais Point G e Gabriel Tore, fornecendo-lhes equipamento de laboratório, rede de água limpa, manutenção geral dos dois hospitais e aumentando sua eficiência médica e terapêutica.

O acordo de cooperação foi assinado recentemente por Mohammed Salem Al Junaibi, Chefe da delegação do ERC, que visitou o Mali para implementar várias tarefas humanitárias, e pelo Dr. Samba Othman, Ministro da Saúde e Higiene do Mali.

O Dr. Mohammed Ateeq Al Falahi, Secretário-Geral do ERC, sublinhou que os projetos de saúde a serem implementados no Mali refletem a perspicácia da liderança dos EAU em apoiar os esforços de desenvolvimento no Mali. Ele observou que esses projetos são monitorados consistentemente pelo xeque Hamdan bin Zayed Al Nahyan, representante do governo na região de Al Dhafra e presidente do ERC.

Othman expressou o agradecimento e apreço do seu país aos EAU pelo seu apoio humanitário ao povo durante as crises que testemunhou, ao mesmo tempo que salientou que os EAU estão a prestar assistência substancial aos refugiados no Mali.

Agradeceu ao CEI pelo seu apoio contínuo e observou que o acordo é uma excelente iniciativa do ERC para promover a sua presença no país e a sua atenção para melhorar o sector da saúde.

O ERC reforçou seus esforços de saúde, humanitários e de desenvolvimento no país desde a deterioração da situação no país, e liderou uma aliança internacional que incluiu muitas organizações humanitárias internacionais para enfrentar os desafios humanitários. Os projetos do CEI no país no sector da saúde visavam melhorar a saúde e o bem-estar das crianças e mães através da atribuição de um programa de saúde que consiste em prestar cuidados de saúde a crianças com menos de cinco anos de desnutrição, bem como às grávidas e amamentação materna.

O projeto que foi implementado com o UNICEF beneficiou cerca de 345.600 crianças e 80.000 mulheres grávidas, com 95 por cento das crianças recebendo vacinas contra difteria, coqueluche, tétano, infecções persistentes, hepatite e sarampo. O projeto também cobriu 80 por cento das mulheres grávidas e recém-nascidos. (#Envolverde)

O post ERC assina acordo de cooperação com o Ministério da Saúde do Mali apareceu primeiro em Envolverde - Revista Digital.