AL AIN, 26 de outubro de 2018 (WAM) – Situado no fundo do Jebel Hafeet em Al Ain, os Hafeet Tombs marcam um importante sítio arqueológico nos Emirados Árabes Unidos (EAU). Segundo o Departamento de Cultura e Turismo – Abu Dhabi, os túmulos de 5.000 anos marcam o início da Idade do Bronze nos Emirados Árabes Unidos.

Também conhecido como o “Período Hafeet” (que data de 3.200 aC a 2.700 aC), a paisagem funerária do quarto milênio atravancada com 500 túmulos em forma de cúpula foi registrada como Patrimônio Mundial da UNESCO em 2011. Esse reconhecimento foi o primeiro nos Emirados Árabes Unidos.

Os Túmulos de Hafeet, como parte dos oásis históricos de Al Ain, representam o berço da cultura beduína dos EAU, proporcionando uma visão crucial sobre os padrões de migração e a mudança da cultura nômade para a construção de assentamentos que datam do segundo milênio.

As escavações dos túmulos ocorreram pela primeira vez em 1959, onde evidências de vasos cerâmicos e artefatos foram encontrados, indicando o importante valor do comércio marítimo na região. As estruturas de colmeia domal são compostas de pedras naturais e com bordas empilhadas. Algumas das tumbas têm até quatro metros de altura, com um espaço dentro de cerca de dois metros de largura.

Abduallah Al Kaabi, um arqueólogo da DCT Abu Dhabi, disse: “É através de cuidadosa exploração e escavação, que um grande número de objetos de bronze, vasos de pedra-sabão e contas que datam de 5.000 anos foram encontrados.”

Restos de esqueletos humanos e animais também foram encontrados, continuou Al Kaabi, acrescentando que estes achados dão informações sobre populações de assentamentos históricos na área, e podem ser vistos no Museu Nacional Al Ain. (#Envolverde)

O post Túmulos de Hafeet: Início da Idade do Bronze nos Emirados Árabes Unidos apareceu primeiro em Envolverde - Revista Digital.