RSS (Really Simple Syndication)

O formato, criado em 1997, usa a tecnologia XML (Extensible Markup Language) para a publicação automática de conteúdo e links de um site em outros. Também permite o uso de programas conhecidos como leitores RSS ou agregadores, que reúnem o conteúdo de diversos sites em uma só interface.

Os arquivos RSS (também chamados de feeds) trazem o título e o primeiro parágrafo das notícias, além de um link “Leia mais”, que remete para o site da Envolverde e permite ler o texto completo.

Agregadores

Quem quiser acompanhar simultaneamente o noticiário de vários sites pode usar um software agregador. Esse tipo de programa busca os feeds dos sites escolhidos pelo usuário e pode apresentá-los em um formato parecido com o dos programas de e-mail. Isso permite acompanhar as novidades de um grande número de sites sem precisar visitá-los um a um.

IPS em Português ofrece:

Noticias en RSS  Ultimas Noticias
Noticias en RSS  Terramérica

Existem agregadores que rodam diretamente no computador do usuário, e outros que funcionam pelo navegador, de maneira semelhante aos serviços de webmail. Confira algumas opções:

FeedDemon – Para Windows. Possui versão de demonstração válida por 30 dias.

FeedReader – Leitor gratuito e de código aberto para Windows.

Bloglines – Leitor RSS que pode ser acessado de qualquer lugar pela web. Permite organizar os links e compartilhar as listas de feeds com outras pessoas. Gratuito.

My Yahoo! – A página personalizável do Yahoo! possui um módulo para exibição de feeds. O serviço ainda é experimental e exige cadastro no portal.

NetNewsWire – É um dos agregadores mais populares para o Mac OS X. Além da versão completa, que exige pagamento depois de 30 dias de uso, possui uma versão gratuita, sem alguns dos recursos da paga.

RSS Reader – Gratuito, o software permite organizar feeds por categorias, marcar notícias importantes para leitura posterior, filtrar conteúdo e definir diferentes estilos de exibição.

Os sites que possuem feeds em geral são identificados por um botão “XML” laranja. Também é possível encontrar feeds em diretórios como o Syndic8.com ou o brasileiro Projeto RSSficado.

 

Comments are closed.