Petróleo abre as portas da comunidade de língua portuguesa à Guiné Equatorial

  Lisboa, Portugal, 24/7/2014 – O petróleo falou mais alto. Por resolução unânime, a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) aceitou ontem a Guiné Equatorial com membro pleno, apesar de a organização proibir os regimes ditatoriais e os que mantêm pena de morte em sua jurisdição. Na cúpula de dois dias dos chefes de […] Continue Reading